Magazine Button
Forcepoint NGFW ajuda Buró de Crédito a alcançar crescimento nos negócios

Forcepoint NGFW ajuda Buró de Crédito a alcançar crescimento nos negócios

A agência de soluções de gerenciamento de risco de créditos para consumidores e empresas, Buró de Crédito, precisava que sua segurança de rede aumentasse para atender aos desafios de negócios gerados pela crescente demanda por transformação digital. Rene Salinas, CIO e CSO, nos conta como a empresa implementou o Forcepoint NGFW para atender aos requisitos.

Um dos objetivos da Buró de Crédito é acompanhar a maneira que as pessoas e empresas administram seu crédito. Segundo a empresa, nove em cada 10 cidadãos no México – e quase o mesmo número de empresas, dependem da Buró para seu histórico de crédito. Com isso, a empresa se expandiu seguindo os regulamentos financeiros e modernizou sua rede de segurança com a Forcepoint. Hoje, a Buró de Crédito conta com melhorias de classificação e conectividade segura, dando suporte aos crescentes clientes, tanto com os consumidores, quanto os corporativos.

Fundada como uma empresa de relatórios de crédito há 25 anos, a mexicana Buró de Crédito se tornou uma corretora de informações, unificando e relatando o histórico de crédito e as pontuações de risco para mais de 110 milhões de pessoas. Seus clientes corporativos abrangem bancos, microcréditos, varejo, mídia digital e setores de telecomunicações em todo o país. A segurança cresceu e se tornou uma prioridade estratégica da empresa, e Rene Salinas, CIO e CSO da Buró de Crédito, agora se reporta ao CEO e fornece atualizações regulares ao Conselho de Administração.

Enfrentando requisitos de conformidade rígidos e demandas crescentes por transformação digital, o Buró precisava que sua segurança de rede fosse dimensionada para atender a esses novos desafios de negócios. Posicionando-se como uma corretora de informações digitais, a agência também queria expandir seus negócios com bancos, varejistas e outros concessores de crédito, enquanto mantinha controles rígidos e acesso a informações confidenciais do consumidor. O plano exigia uma tecnologia de segurança flexível que fosse interoperável com a infraestrutura híbrida e diversa dos clientes, ao mesmo tempo que protegia a rede contra ameaças e ataques cibernéticos.

Forcepoint NGFW classificado como o mais alto em eficácia e flexibilidade

Seguindo sua prática de classificar fornecedores, o Buró avalia anualmente os produtos de segurança que utiliza em relação à concorrência, tendo a Forcepoint anos. Quando os resultados dos testes chegaram para vários produtos, o Buró decidiu continuar seu relacionamento com a Forcepoint e atualizar o firewall da agência para a solução Forcepoint NGFW mais recente com maior capacidade, IPS, clientes VPN e gerenciamento centralizado. A implementação, que sempre é examinada pela agência, também foi oportuna, eficiente e tranquila. Hoje, o Buró de Crédito tem dois grupos de dispositivos de firewall NGFW que protegem suas operações internas e permitem o compartilhamento seguro de dados de serviços financeiros com clientes corporativos e consumidores.

“Vimos a evolução dos produtos Forcepoint e eles apresentam, de forma consistente, recursos e funcionalidades melhores em comparação com seus concorrentes”, disse Salinas. “Os produtos de segurança da Forcepoint têm sido os melhores para nós e para nossas necessidades”.

Abordagem Zero Trust leva a negócios maiores

Novos requisitos para permitir comunicações privadas e compartilhamento de dados entre fornecedores heterogêneos, nuvem privada e ambientes de TI em nuvem pública levaram Salinas e sua equipe a recorrer à Forcepoint para obter ajuda. A flexibilidade do Forcepoint NGFW com segmentação de rede, cliente VPN e acesso Zero Trust se traduziu em melhor atendimento e mais negócios para o Buró. A equipe de segurança de TI da agência de crédito agora pode fornecer diferentes níveis de acesso, dependendo do serviço ou produto oferecido e do ambiente de TI específico do cliente. Qualquer cliente pode se conectar facilmente ao portal da agência de crédito, compartilhar informações e obter relatórios e outros produtos de dados com segurança.

“A interoperabilidade da Forcepoint NGFW nos ajudou a crescer significativamente. Estamos constantemente dobrando o número de clientes que atendemos, todos com características, ambientes e tamanhos exclusivos”, afirmou Salinas. “Agora podemos alcançar muitos tipos de empresas com segurança, usando links fáceis de implementar. Independentemente da localização física de nossos fregueses, se eles são têm milhões de clientes credenciados ou uma loja de varejo com poucos funcionários, a Forcepoint torna mais fácil para fornecermos serviços de informações seguras. Em um sentido muito real, a Forcepoint abriu o caminho para nós e nos ajudou a gerar mais negócios”, completou.

A capacidade de gerenciamento e a simplicidade aceleram a transformação digital e a adoção da nuvem

À medida que mais clientes recorrem a infraestruturas de nuvem com acesso por meio de aplicativos ou APIs, a parceria com a Forcepoint permite que o Buró se transforme em uma empresa de informação digital voltada para o futuro. O console de gerenciamento do Forcepoint NGFW fornece relatórios que aceleram a tomada de decisões, identifica problemas e oferece suporte à comunicação com clientes internos e externos. A agência de crédito pode mitigar o risco de distribuição de informações confidenciais usando os controles centralizados da Forcepoint.

“Muitos de nossos clientes estão migrando seus serviços para tecnologias híbridas, portanto, a segurança desempenha um papel muito importante. Se o negócio está se transformando, a segurança tem que se transformar junto com todas as necessidades de nossos clientes e usuários”, disse Salinas. “Podemos colaborar abertamente e nos tornar uma empresa digital impulsionada pela tecnologia de segurança. Estamos em posição de ser um canal de distribuição de informações para nossos usuários porque a Forcepoint protege nossa infraestrutura, nossos funcionários e nossos clientes”.

O gerenciamento remoto também foi fundamental para ajudar a empresa e seus clientes a manter a continuidade dos negócios e oferecer suporte a novos requisitos para trabalhar em casa. Antes da pandemia, os funcionários só usavam compuadores em suas mesas. O Forcepoint permitiu que o Buró se adaptasse praticamente da noite para o dia.

“A segurança de rede da Forcepoint não ajuda apenas nossos funcionários, mas também muitos de nossos clientes que enviaram alguns de seus funcionários para trabalhar em casa. Com o cliente VPN da Forcepoint, podemos continuar prestando serviços a funcionários, clientes e parceiros, apesar do fato de que alguns usuários não têm esses recursos remotos. Conseguimos manter todos os nossos serviços e aplicativos funcionando sem interrupção”.

Dando conformidade e segurança uma boa classificação para o futuro

Como o Buró é mais do que uma empresa de informações de crédito, está sujeito a várias leis nacionais, incluindo a Lei sobre Agências de Relatório de Crédito e outros regulamentos. “Temos que cumprir muitas medidas de privacidade, confidencialidade, integridade e conformidade em todos os níveis e a segurança é um dos elementos mais críticos que nossos clientes consideram ao decidir usar nosso serviço”, disse Salinas. “Eles sabem que somos uma empresa confiável, que investe em segurança, que tem bons processos e que é certificada”.

O foco da Forcepoint em proteger usuários e dados está alinhado com a estratégia de transformação digital do Buró de Crédito. Depois de quase duas décadas de parceria, as duas empresas continuam a expandir suas capacidades juntas, com vistas a um futuro seguro. “A Forcepoint conhece nosso negócio muito bem”, disse. “Eles sabem do que precisamos. Há uma cultura de segurança em nossa empresa e nossos funcionários entendem que o tipo de negócio que temos é construído com base em tecnologia que pode fornecer produtos e serviços com segurança, pois sem segurança não há negócio”, finalizou Salinas.

Clique abaixo para compartilhar este artigo

Navegue por nossa
primeira edição

LATAM Portuguese

Ver Arquivo da Revista