Celulares Motorola ganham suporte a idiomas indígenas da América Latina

Celulares Motorola ganham suporte a idiomas indígenas da América Latina

As duas línguas indígenas foram consideradas ameaçadas pela UNESCO

A Motorola adicionou suporte para duas novas línguas indígenas faladas no Brasil, Colômbia e Venezuela como parte de um esforço maior para tornar a tecnologia mais acessível. Kaingang e Nheengatu estarão entre as opções de idioma disponíveis nos dispositivos Android da Motorola. Qualquer telefone Motorola atualizado para Android 11 será capaz de acessar as novas opções de idioma, não apenas seus modelos mais caros.

“Acreditamos que esta iniciativa aumentará a conscientização em relação à revitalização do idioma, não apenas impactará as comunidades com as quais trabalhamos diretamente, mas agora estamos no processo de disponibilizar todos os dados de idioma do Android para o Unicode”, afirmou Janine Oliveira, diretora executiva da Motorola para software de globalização.

A comunidade Nheengatu, com cerca de 20.000 pessoas, vive principalmente na Amazônia, mas apenas cerca de 6.000 pessoas na região ainda falam essa língua, então a UNESCO considera Nheengatu “gravemente ameaçada de extinção”. Segundo Juliana Rebelatto, gerente de globalização e linguista-chefe do grupo de negócios móveis da Motorola, ambas as comunidades indígenas dependem da tecnologia móvel, embora nem sempre tenham acesso confiável à internet. “Os professores usam seus telefones celulares em sala de aula para ensinar, então, agora que os telefones estarão em Kaingang e Nheengatu, isso ajudará no processo de aprendizagem”, disse.

Clique abaixo para compartilhar este artigo

Navegue por nossa
primeira edição

Magazine Cover

Ver Arquivo da Revista