Magazine Button
Nokia e Antofagasta Minerals implantam rede wireless privada em mina no Chile

Nokia e Antofagasta Minerals implantam rede wireless privada em mina no Chile

A rede sem fio privada de nível industrial da Nokia fornece conectividade confiável, de alta capacidade e baixa latência para sensores e veículos na mina Centinela. A rede privada 4.9G/LTE, implantada em quatro meses, apoiará as operações, incluindo uma frota autônoma de caminhões, como parte de um plano de digitalização de cinco anos

A Nokia anunciou que implantou uma rede sem fio privada de nível industrial com a Antofagasta Minerals para a Minera Centinela, para dar suporte a operações seguras e confiáveis em sua mina de cobre no Chile. A rede permitirá que o grupo de mineração acelere sua Transformação Digital.

A rede sem fio privada de nível industrial da Nokia oferece alta capacidade e baixa latência necessárias para empresas, como mineradoras, conectarem de maneira confiável e segura uma variedade de sensores, dispositivos, equipamentos e veículos, acima e abaixo do solo. A rede, já em operação após ser implantada em quatro meses, tempo recorde para a Minera Centinela, conectará inicialmente uma frota de caminhões autônomos. No futuro, apoiará uma ampla gama de operações como parte de um plano de digitalização de cinco anos que visa transformar o setor de mineração, permitindo operações mais seguras e eficientes.

A Nokia projetou e implantou a solução 4.9G/LTE privada de nível industrial, incluindo equipamento de rádio Nokia AirScale, núcleo de pacote móvel, roteadores de agregação de serviço IP/MPLS e transmissão de microondas Wavence.

“Estamos transformando a maneira como a mineração é feita. Queremos entregar excelência em tudo o que fazemos, alavancando a eficiência operacional para alcançar os melhores resultados. Estamos comprometidos com a mineração sustentável e em fornecer as instalações mais seguras e eficientes. Estamos muito satisfeitos em alavancar as soluções sem fio privadas de nível industrial da Nokia e sua experiência em automação de mineração para apoiar nossos esforços”, disse Gino Ivani, gerente de Tecnologia da Antofagasta Minerals.

“O cobre é fundamental para a entrega de energia limpa e, consequentemente, para reduzir as emissões. À medida que a demanda por cobre aumenta, estamos implantando inovações tecnológicas, como a conectividade sem fio privada da Nokia, permitindo-nos aumentar a produtividade de maneira inteligente e sustentável”, afirmou Leonardo Serra, diretor Corporativo de Projetos de TI da Antofagasta Minerals.

Um infobrief da IDC patrocinado pela Nokia revelou que a segurança é uma consideração importante ao identificar iniciativas de transformação e que a sustentabilidade está no topo dos objetivos estratégicos das mineradoras. O relatório cita a Pesquisa Mundial de Tomadores de Decisão de Mineração de 2021 da IDC, que destacou a crescente adoção de estratégias de Transformação Digital na mineração, com 86% das empresas de mineração planejando investir em infraestrutura sem fio nos próximos 18 meses.

As redes sem fio privadas de nível industrial da Nokia podem ser implantadas nos locais mais remotos e nos ambientes mais hostis, tornando-as ideais para a transformação digital de instalações de mineração. Os operadores de minas podem aproveitar a tecnologia e os aplicativos da Indústria 4.0 que permitem novos níveis de automação e autonomia para gerenciar melhor as flutuações na demanda, ao mesmo tempo em que aumentam a produtividade, a eficiência operacional, a sustentabilidade e a segurança da força de trabalho.

Atualmente, a Nokia tem mais de 420 clientes empresariais privados sem fio em todo o mundo, incluindo mais de 35 clientes de mineração em mais de 60 minas.

“Estamos testemunhando a primeira onda de projetos da Indústria 4.0 na América Latina e é muito emocionante vê-los se tornarem uma realidade para mineradoras como a Antofagasta Minerals. A rede sem fio privada de nível industrial da Nokia oferece a cobertura sem fio robusta, segura, previsível e profunda que as minas exigem para grandes áreas externas ou complexos subterrâneos”, disse Marcelo Entreconti, head de Negócios para a América Latina da Nokia.

“A implantação dessas redes é considerada o primeiro e mais importante passo na jornada de digitalização das empresas de mineração e estabelece as bases para uma expansão além da conectividade, onde a Nokia já está propondo soluções para a comunidade global de mineração”, completou.

A mina a céu aberto Centinela de Antofagasta está localizada a aproximadamente 1.350 km ao norte de Santiago em uma importante zona de mineração de enxofre e óxidos. A mina produz concentrado e cátodos de cobre, além de molibdênio e ouro. Em agosto de 2021, a Centinela obteve a Marca Cobre, que atesta que a empresa opera sob rigorosos padrões de produção sustentável reconhecidos internacionalmente.

Clique abaixo para compartilhar este artigo

Navegue por nossa
última edição

LATAM Portuguese

Veja todas as edições