Regional City Networks é lançado na América Latina e no sul da Ásia

Regional City Networks é lançado na América Latina e no sul da Ásia

O Fórum Econômico Mundial está lançando o Regional City Networks na América Latina e no sul da Ásia para levar a Quarta Revolução Industrial às cidades de pequeno e médio porte

O Fórum Econômico Mundial está lançando duas redes regionais na América Latina e no sul da Ásia para compartilhar conhecimento sobre o desenvolvimento de cidades inteligentes e, ao mesmo tempo, proteger os interesses públicos relacionados à privacidade, segurança e sustentabilidade.

Sob a Aliança Global de Cidades Inteligentes do G20, as duas redes de cidades conectarão as principais cidades pioneiras da Aliança Global com cidades menores da região. Cidades na América Latina e Índia serão convidadas a se reunir regularmente para analisar as políticas das Cidades Inteligentes e receberão suporte técnico da rede de especialistas globais do Fórum.

José Manuel Restrepo, ministro do Comércio, Indústria e Turismo da Colômbia, afirma que a América Latina é o lar de algumas das iniciativas mais interessantes em Smart Cities hoje, mas esse sucesso não é distribuído de maneira uniforme. “A Colômbia tem a honra de assumir a tarefa de coordenar as atividades regionais da Aliança Global de Cidades Inteligentes do G20 na América Latina, para que as cidades da região possam se beneficiar do intercâmbio de conhecimento regional e global”.

Para Purushottam Kaushik, chefe do Centro da Quarta Revolução Industrial na Índia, o país já tem um dos programas de Cidades Inteligentes mais ambiciosos do mundo, impulsionado pela Missão do Governo da Índia. “Agora, com a contribuição da Aliança Global de Cidades Inteligentes do G20, as cidades indianas terão acesso ao conhecimento mais especializado do mundo na formulação de políticas para Cidades Inteligentes”, conclui.

Clique abaixo para compartilhar este artigo

Navegue por nossa
primeira edição

Magazine Cover

Ver Arquivo da Revista