Magazine Button
Porto de Posorja implanta infraestrutura ótica na América do Sul

Porto de Posorja implanta infraestrutura ótica na América do Sul

Com o trabalho realizado pelo departamento de TI da DP World Posorja em conjunto com a Furukawa Electric e o provedor de soluções e serviços de TIC da Logicalis, o porto de Posorja agora possui uma infraestrutura de TI multifuncional

A DP World Posorja, empresa transnacional do grupo DP World, é uma provedora líder de soluções de logística inteligente, que permite o fluxo comercial em todo o mundo. Sua ampla gama de produtos e serviços abrange todos os elos da cadeia de suprimentos integrada, desde terminais marítimos e terrestres até serviços marítimos e parques industriais, bem como soluções de clientes orientadas à tecnologia. Ela fornece esses serviços por meio de uma rede global interconectada de 128 unidades de negócios em 60 países em seis continentes.

A DP World Posorja pretende ser um dos portos mais ativos e importantes da região. Sua estrutura foi projetada com tecnologia de ponta, com um canal de 16,5 metros de profundidade que permite a entrada de navios Neo Panamax com capacidade máxima de carga – os primeiros a navegar em águas equatorianas.

Com o trabalho realizado pelo departamento de TI da DP World Posorja em conjunto com a Furukawa Electric e o provedor de soluções e serviços de TIC, Logicalis, o porto passou a contar com uma infraestrutura de TI multifuncional no terminal de Posorja.

Este projeto é o primeiro terminal portuário Smart Deep Water no Equador. Tem capacidade para receber navios Neo Panamax de até 15.000 TEUS; uma nova estrada de 21 quilômetros para dar acesso direto, ordenado e seguro ao porto; um novo e mais seguro canal de acesso com 16,5 metros de profundidade e 21 milhas náuticas de extensão; e, finalmente, um parque logístico e industrial junto ao porto de Posorja com a modalidade ZEDE (Zona Especial de Desarrollo Económico).

O desafio

O Porto de Águas Profundas da DP World Posorja se consolida como o Porto Inteligente do Equador. A inovação está em seu DNA e desde a construção investiu em tecnologia e inovação criando as soluções comerciais mais eficientes, seguras e rentáveis.

Ao nível tecnológico, procurou-se ser considerado um Smart Port – ou Porto Inteligente, o que significa que todos os seus processos são automatizados em tempo real. Assim, um valor agregado é a tecnologia, garantindo que as operações sejam contínuas e ágeis. Este tipo de desenvolvimento proporciona imediatismo, portabilidade de alta disponibilidade e, acima de tudo, inovação.

Além disso, desenvolveu um plano de tecnologia baseado em nuvem para trabalho remoto. A estratégia tem sido adequada, mesmo durante a pandemia, devido à flexibilidade no acesso aos serviços.

Outro grande avanço foi a transferência de todas as informações para uma plataforma online. Desde o início, a ideia era implementar sistemas online que permitissem aos clientes e funcionários portuários realizar transações virtualmente – como agendamentos, cadastro de transportadores e notificações de navios, entre outros assuntos que não exigissem presença física.

Por outro lado, também era vital ter em mente um curto período disponível para implementação. Por isso, iniciou-se a configuração da plataforma tecnológica na nuvem e quando o projeto estava em sua fase final, todas as informações foram migradas para os novos data centers e não se perdeu tempo para realizar as diferentes etapas do projeto. Atualmente, o porto possui arquitetura de TI híbrida (nuvem e on-premise).

Soluções implementadas

Graças ao trabalho realizado pela equipe de TI da DP World Posorja em conjunto com Logicalis e Furukawa, o porto de Posorja agora conta com a mais moderna tecnologia em infraestrutura de comunicações por fibra ótica para otimizar seus processos administrativos e logísticos e, assim, fornecer conexões 100% ideais ao seu pessoal.

O porto possui guindastes que se comunicam entre si e com todos os sistemas portuários, pátio de contêineres, caixas de comunicação e com os dois centros de informática localizados no prédio administrativo e na oficina. Da mesma forma, equipamentos com o sistema operacional Navis TOS são instalados nos pórticos, que são conectados a outros sistemas de computador na porta e sistemas de câmeras de segurança também estão incluídos.

“O trabalho realizado pela Furukawa Electric para Posorja pode ser desenvolvido porque tem referências de projetos anteriores em portos como Santos e Callao. O trabalho com a empresa foi realizado e continua, graças a outros projetos com a DP World, pois o mesmo padrão foi mantido e novos negócios continuam avançando”, disse Jhon Richard Martín, chefe de Cabeamento para a Região Andina e América Central da Furukawa Electric.

Além da interligação em fibra ótica entre o cais e o centro administrativo, foi fornecida cabeamento para os espaços exterior, interior e DPL, bem como todos os acessórios óticos.

A chave de todo o projeto é a conectividade, por isso os anéis de fibra ótica são a espinha dorsal de todos os sistemas que funcionam no porto. Graças a isso, o porto de Posorja possui uma conexão Wi-Fi do tipo industrial, o que significa que possui latências muito baixas e replicação e sincronização de informações entre dois data centers online.

“O valor agregado da Furukawa está em seu vasto portfólio de produtos e serviços para este tipo de indústria, bem como em seu suporte de garantia, treinamento e download de conhecimento, que dá tranquilidade ao cliente”, afirmou Guillermo Veintimilla, gerente de TI, DP World Posorja.

Benefícios

O principal objetivo do porto é ser seguro, pois, com a tecnologia que foi implementada nos sistemas online e o Wi-Fi, entre outros desenvolvimentos, clientes e colaboradores não precisam mais se deslocar até o porto para realizar suas transações e pode obter informações imediatamente.

“Há duas razões pelas quais esses projetos são desenvolvidos: o primeiro para ser um exemplo de evolução e progresso para o Equador, e o segundo está relacionado ao aspecto tecnológico, pois deve ter fornecedores globais que forneçam um portfólio de alta produtos e soluções de qualidade e, ao mesmo tempo, demonstrar que são profissionais em termos de suporte”, disse Veintimilla.

“Por isso, vale destacar as conquistas de Furukawa, para a DP World é um valor agregado que gerou tranquilidade tanto no desenvolvimento do porto de Posorja quanto no desenvolvimento do Centro Logístico de Durán”, finalizou.

Clique abaixo para compartilhar este artigo

Navegue por nossa
última edição

LATAM Portuguese

Veja todas as edições